Entre em contato

(44) 3631-1033

CRECI: 02175/PR

18.02.2018

Inteligência Artificial no Mercado Imobiliário

Inteligência artificial e o mercado imobiliário

TEMPO DE LEITURA: 7 MINUTOS

A inteligência artificial (IA) já redefiniu uma série de indústrias, mas o setor imobiliário teima em não aceitar isso, não aceita o potencial da tecnologia.

Entre as manifestações mais proeminentes da inteligência artificial, o conceito das ”learn machines”, máquinas que aprendem com o que é enviado de informação e conteúdo, o processamento de linguagem natural e as análises combinatórias de fatores reais já contribuem de forma significativa para indústrias diversas como educação, desenvolvimento de software, saúde e finanças. Sim, já existem robôs que o auxiliam a fazer investimentos financeiros e são muito mais assertivos nas suas decisões do que aquelas que seu gerente do banco faz para você. Aliás, abrindo um parênteses aqui, gerentes de banco vão sumir e não vai demorar muito. Quero pegar uma frase do especialista de dados Bernard Marr, que diz: “a revolução da Inteligência Artificial não está chegando, ela esta bem aqui”.

Mas pra não ser um artigo feito no vazio, eu fui buscar algumas referências e encontrei uma pesquisa da Harvard Business Review que detalha o por que deevemos adotar IA em nossos negócios, é simples, a adoção de IA produz resultados tangíveis. No mesmo estudo da HBR “empresas que aderiram a IA tem mais objetividade na tomada de decisão baseada em dados e seus resultados foram, em média, 5% mais produtivas e 6% mais rentáveis ??do que seus concorrentes”.

Então, por que essa dificuldade em se adaptar?

Apesar de todos os já declarados benefícios, o setor imobiliário tem sido lento, (você tem dúvida disso?), para desenvolver e adotar tecnologias com base em IA. A IA é capaz de melhorar a forma como as empresas e profissionais realizam negócios no mercado imobiliário. Isso pode ser atribuído, pelo menos em parte, ao medo em relação à perda de “emprego” criada pela automação e as diversas funcionalidades que uma máquina possuí. Minha opinião, preocupações como essas são totalmente infundadas, só perde seu espaço para uma máquina aqueles que já perderam seu espaço para si, ou seja, despreparados e acomodados.

O sucesso no mercado imobiliário e nas suas relações comerciais foi, e sempre será nas relações humanas interpessoais. A IA, de forma transformadora, nunca negou isso, nunca disse o contrário. Por outro lado, a tecnologia realmente facilita e gera mais oportunidades para a construção de relacionamentos e ajudará os corretores e empresas a identificar quem entre seus clientes, ou melhor ainda, potenciais clientes, está pronto para avançar no ciclo de vendas. Não se engane, o papel do corretor moderno é notoriamente diferente do que era há uma década, mas mesmo com toda esta mudança provocada pela tecnologia você não precisa, de forma alguma, abandonar seu toque pessoal.

IA é vantagem competitiva para construtores, imobiliárias e corretores, se estiverem dispostos a criar sua própria IA ou adotar algo já existente no mercado, certamente aumentam suas habilidades de fazer negócios pois muitas e muitas oportunidades serão encontradas. Passam a ser líderes de mercado, organizam a informação, geram insights inteligentes, fazem negócios e não apenas vendas.

O desenvolvimento de liderança dentro de um mercado como o imobiliário é parte integrante de um processo interno de uma empresa ou de um profissional, a IA ajuda a identificar clientes compradores ou clientes vendedores e muitos sistemas de IA são poderosos o suficiente para verificar milhares e milhares de pontos de dados extraídos de relatórios de mídia e de atendimento em diferentes canais e baseados em históricos anteriores de vendas e assim, determinar aqueles que você deve dar mais esforço para realizar um bom negócio. Trocando em miúdos, a IA não elimina a necessidade de não atender a todos, mas pode garantir que cada corretor de imóveis, mesmo com tantos leads “frios”, tenha um alto potencial de sucesso quando analisado um cenário de vendas e não apenas um único individuo participante de um processo de venda.

Além disso, ao analisar os diversos cenários de mercado, passado e presente, a IA pode prever com exatidão qual seu próximo negócio a ser fechado. A IA oferece aos corretores de imóveis, imobiliárias e construtores informação que pode agilizar o processo de negociação e assegurar que todos os participantes do processo do lado do vendedor sejam profundos conhecedores do produto, do contexto prático do cliente e do contexto de pagamento, o famoso 3CP do Carnicelli. Uma IA eficiente é criada para evitar erros e saber que uma oferta inicial está dentro dos padrões exigidos pelo mercado comprador – e tendo dados para apoiar sua tomada de decisão nos momentos mais críticos de negociação tira um peso enorme dos ombros de um corretor de imóveis.

Então devemos aceitar as mudanças oferecidas pela tecnologia?

O mercado imobiliário será rapidamente dirigido para um futuro digital e automatizado. Se corretores de imóveis aprenderem a exercer o poder da tecnologia ao invés de rejeitá-la, não terão nada a temer e sempre terão o que ganhar.

A IA tem capacidade para limpar, filtrar e reposicionar produtos, comunicação, investimento de mídia e discursos de vendas. A IA pode reunir, organizar, armazenar e recuperar dados preciosos de transações passadas e presentes de forma mais eficiente do que qualquer corretor humano, e também pode analisar continuamente a documentação recebida e alterada para garantir que tudo esteja em perfeita sintonia. As assinaturas que faltam e os erros legais involuntários têm sido inevitáveis dentro deste nosso mercado imobiliário que vive no caos e na desorganização,  esses riscos podem ser facilmente minimizados com a ajuda de uma plataforma de dados inteligentes.

Além disso, a Inteligência Artificial  é capaz de transformar a análise de dados em insights importantíssimos, adotando padrões sutis que, para a análise humana, são imperceptíveis e podem indicar por exemplo, quando um bairro específico ou um tipo de produto está pronto para ganhar popularidade. A implantação de IA como ferramenta organizacional e a proteção contra riscos são certamente benéficas, mas os corretores de imóveis que podem participar, e tirar proveito da tecnologia, irão realmente revolucionar a forma como se faz negócios e como os próximos negócios no mercado imobiliário serão conduzidos.

Então o que posso dizer a vocês sobre Inteligência Artificial no mercado imobiliário é que ela jamais irá tirar o fator humano do jogo, irá sim torná-lo mais eficiente.  A Inteligência Artificial é capaz de deixar o mercado imobiliário mais dinâmico, mais profissional, com mais possibilidades de realizar negócios de forma ágil, direcionados e de acordo com o que o seu cliente precisa.

Infelizmente tratam a IA como uma máquina apenas, deveriam tratar como objeto de estima e valor. Vai chegar um dia em que seremos tão mecânicos quanto uma máquina e quando esse dia chegar, as máquinas serão mais humanas e assim irão assumir um lugar de destaque, não o seu lugar de trabalho, mas a mente do comprador do produto que você vende.

Esteja preparado para a mudança, ela chegou já faz um bom tempo e poucos perceberam, veremos cenas do próximo capítulo.

Fonte: http://blog.cafeimobiliario.com.br/blog/2017/12/06/inteligencia-artificial-e-o-mercado-imobiliario/